Blog

Sobre o vinho, rótulos e termos

O vinho é uma bebida milenar que ao longo do tempo adquiriu outros significados além dos cristãos e folclóricos. Na culinária passou a ser um elemento comum na elaboração de algumas receitas e também indispensável no acompanhamento de pratos desde os mais simples aos sofisticados e complexos. O vinho também tem sua importância na gastronomia não apenas  por ser uma boa bebida - inclusive recomendado em algumas culturas em guias de alimentação saudável - mas também como agente realçador de sabores.

Para você que aprecia o consumo de um bom vinho, mas não entende muito do vocabulário que os enófilos utilizam e nem o motivo de haver algumas informações nos rótulos seguem algumas dicas:

Infográfico reprodução: Portal Terra


Perceba que algumas informações tem tanto destaque quanto o nome, pois sinalizam características de produção, origem e qualidade.


Infográfico reprodução: O gourmet




E abaixo alguns termos comuns:

Tanino: composto fenólico presente no vinhoe que, em contato com as porteínas da saliva humana, dá a sensação de adstringência.

Blend: ou assemblagem, assemblage ou corte. Vinho feito da mistura de duas ou mais variedades de uva determinadas de acordo com o estilo que o enólogo quer dar à bebida.

Potencial de guarda: diz-se quando um vinho tem corpo, estrutura (acidez e taninos), para ser guardado durante anos em adega, sem estragar ou perder suas características, antes de ser degustado.

Chablis: região francesa usada para dizer que um vinho está contaminado com a "doença" da rolha, ou seja, com o fungo TCA, que deixa a bebida com um odor desagradável. Também conhecido como arrolhado.

Com informações do Almanaque do Vinho, ano 2, nº 4.

Continue acompanhando as atualizações do Restaurante Misaki na Fanpage do Facebook e via twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>