Blog

Os Benefícios da Comida Japonesa

A longevidade dos asiáticos é conhecida por todo o mundo e, muito dessa ótima fama, está relacionado ao tipo de comida que eles se alimentam diariamente. Os ingredientes da culinária japonesa - como peixes, algas, cogumelos e queijo tofu - são fundamentais para manter a saúde de uma população por tanto tempo.


Um dos segredos está na forma como se come esses alimentos. Por serem preparados da forma mais natural possível e não levar quase nenhum tipo de gordura saturada, os pratos são mais leves. Além disso, as versões não fritas ou com condimentos, como maionese, ainda ajudam no emagrecimento, porque são pobres em calorias.



As carnes e os vegetais crus também são uma boa opção para a saúde (desde que consumidos com o preparo correto para evitar infecções), pois preservam 100% dos nutrientes que possuem. Esses alimentos são ricos em vitaminas e substâncias como o ômega-3 (do peixe) que previne doenças cardiovasculares e ajuda a diminuir os níveis de triglicerídeos e do LDL (colesterol ruim).

Você sabia?



O sunomono (aquela salada comum da entrada) é feito com pepino, cenoura e gergelim. O pepino é formado 95% de água, o que garante boa hidratação do organismo. O Gergelim ajuda a dissolver as gorduras da corrente sanguínea, além de lubrificar o intestino e ser rico em fibras. E a cenoura é rica em vários tipos de vitamina, como A, B e C.

Outros dois ingredientes que acompanham muitas comidas japonesas são o wasabi e o gengibre. O primeiro ajuda na digestão - ele é termogênico e acelera o metabolismo. Já o segundo é desintoxicante, anti-inflamatório e bactericida.

Depois de saber tantas qualidades na culinária japonesa, não tem como deixá-la de fora da sua alimentação, não é mesmo? Aproveite então as delícias do Misaki para cuidar da sua saúde com o sabor da alta gastronomia! Te esperamos aqui no Misaki!

Conheça nossas redes sociais: Facebook e Instagram.

Com informações de Eliminando Peso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>